Araxá

Araxá

A Capital Mundial do Nióbio

A Capital Mundial do Nióbio

Araxá Tem Jeito Jesus Cristo

Araxá Tem Jeito Jesus Cristo
Campanha Mundial da Fraternidade 2012 Araxá Has A Way Jesus Christ

A Criação do Universo Infinito

Dái Glória Ao Senhor

Jesus Cristo Rei do Universo Infinito

Araxá 150 Anos de Emancipação Político-Administrativa do Município

Araxá 150 Anos de Emancipação Político-Administrativa do Município

Araxá Estância Hidromineral á 374 Km de Belo Horizonte

A cidade situa-se a 374 Km de distância da capital de Minas Gerais, Belo Horizonte. É reconhecida nacional e internacionalmente e um dos pontos que mais chamam a atenção para si, é a histórica Dona Beija e os famosos banhos, oferecendo muitas opções para serem visualizadas e aproveitadas, em seus bares, restaurantes, pontos turísticos e simplesmente a admiração de suas paisagens, que são caracterizadas por construções antigas e uma arquitetura sem igual. É reconhecida também pelo Grande Hotel de Araxá, que disponibiliza aos visitantes um conjunto arquitetônico incrível, repleto de detalhes e também grandes salões ilustres, com objetos decorativos antigos, como é o caso de lustres de cristais vindos da Boêmia e diversas outras obras de arte com características sem igual, como é o caso do uso de vitrais.


Eterno cartão-postal da terra de Dona Beja

A grande atração de Araxá é o Grande Hotel, um marco da hotelaria brasileira inaugurado em 1944 e fechado 50 anos depois. Reaberto em 2002, manteve preservado todo o glamour original, com grandes salões e lustres de cristal. As famosas termas funcionam hoje como um verdadeiro spa, oferecendo, além dos banhos terapêuticos de águas sulfurosas e de lama, muitas massagens, acupuntura, sauna e duchas.
Eterno cartão-postal da terra de Dona Beja
Por todo o enorme prédio - são 33 mil metros quadrados de área construída -  observa-se a pompa que atraía os fãs do cassino que ali funcionou por dois anos. São sofás e poltronas de couro, elevadores em mogno, corrimãos com entalhes dourados, cinema, cortinas aveludadas, vasos, espelhos, sacadas...
O parque no entorno do Grande Hotel, conhecido como Complexo do Barreiro, também foi restaurado e abriga piscinas, lago, jardins, bosques, trilhas, quadras de tênis e peteca e espaço para passeios de bicicleta e charrete. Por ali estão ainda duas fontes de águas limpinhas - a Dona Beja, homenagem à célebre personagem histórica da cidade, com doze duchas-cascatas radioativas; e a Andrade Júnior, que borrifa águas sulfurosas.

Pacata e simpática, Araxá preserva fragmentos de sua história em alguns casarões do centro da cidade. Um dele abriga o Museu Dona Beja, que exibe cerca de 300 peças e mobiliário do século 19. Em uma sala estão guardadas as indumentárias utilizadas na novela da extinta rede Manchete que contou a história da cortesã.


Araxá também é procurada para a prática de atividades de aventura. A cidade é uma das portas de entrada para o Parque Nacional da Serra da Canastra, repleto de cachoeiras, paredões de pedra e trilhas pela mata. Para recuperar as energias pós-caminhadas, prove os doces de Dona Joaninha e de Dona Ana. Os destaque ficam por conta do tronquinho feito com amendoim -, da ambrosia e das frutas cristalizadas.

Inclua no roteiro uma visita à Fundação Cultural Calmon Barreto, no prédio da antiga estação ferroviária. Além de manter e apresentar a produção artesanal do tear, o espaço rende boas compras como sabonetes de lama, doces caseiros, livros de culinária, obras de arte e porcelanas. 



Nenhum comentário: