Araxá Lugar Onde Primeiro Se Avista O Sol

Araxá Lugar Onde Primeiro Se Avista O Sol

Araxá Tem Jeito Jesus Cristo

Araxá Tem Jeito Jesus Cristo
Campanha Mundial da Fraternidade 2012 Araxá Has A Way Jesus Christ

Jesus Cristo Rei do Universo Infinito

Araxá 152 Anos de Emancipação Político-Administrativa do Município

Araxá 152 Anos de Emancipação Político-Administrativa do Município

Araxá 152 Anos de História Vídeo dos 152 Anos de Araxá

Novas Placas Automotivas Mercosul Entram em Ação em Minas Gerais

Detran que ficar fora do padrão não conseguirá emplacar novos veículos


 Após sucessivos adiamentos, começou a valer na última sexta-feira (31) o prazo para que os Departamentos de Trânsito (Detrans) de todos os estados concluam os procedimentos para implantar a nova placa do Mercosul. A data está de acordo com o que estipula a Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de julho do ano passado, que determina a adoção do novo modelo de placas de identificação veicular (PIV) a partir de 31 de janeiro de 2020. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) que não aderir ao novo padrão, não conseguirá emplacar novos veículos. A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento. Para quem tiver o modelo antigo, a troca deverá ser feita no caso de mudança de município ou unidade federativa; roubo, furto, dano ou extravio da placa e nos casos em que haja necessidade de instalação da segunda placa traseira. Nas outras situações, a troca da placa cinza pela do padrão Mercosul não é obrigatória. Com isso, os carros com a atual placa cinza podem continuar assim até o fim da vida útil do veículo.

Estampadora Araxá Placas Veiculares em Araxá

Estampadora Araxá 
Tel: 34 3612-2142
Cel: 34 99932-5475
Rua Francelino Cardoso, 26 - Centro

Em Lagoa da Prata Estampadora Lagoa da Prata
https://cidadesdeminas6.blogspot.com/p/blog-page_29.html

O Nióbio é Nosso? Sim Enquanto Não O Entregarem aos Paises de 1º Mundo

A maior mina em operação atualmente é a da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), em Araxá, que processa, fabrica e vende. Cerca de 75% do nióbio usado em todo o mundo é produzido ali. 

Desde os anos 1950, quando foi criada, a CBMM era controlada pelo grupo Moreira Salles – uma rede de empresas com participação do capital estrangeiro, que controlava o Unibanco, incorporado em 2008 pelo Itaú. Nos últimos anos, porém, 15% das ações da companhia foram vendidas para chineses, japoneses e coreanos, grandes consumidores de nióbio, que assim deixaram para trás o risco de depender de um único fornecedor.
Veja Mais No Link Abaixo:
O Novo Biodiesel Elaborado a Partir do Nióbio




Monopolio Brasileiro do Nióbio


Veja As Melhores Embalagens de Belo Horizonte Neste Link Abaixo: http://cidadesdeminas6.blogspo
t.com/p/blog-page_29.html

Araxá Estância Hidromineral á 374 Km de Belo Horizonte





A cidade situa-se a 374 Km de distância da capital de Minas Gerais, Belo Horizonte. É reconhecida nacional e internacionalmente e um dos pontos que mais chamam a atenção para si, é a histórica Dona Beija e os famosos banhos, oferecendo muitas opções para serem visualizadas e aproveitadas, em seus bares, restaurantes, pontos turísticos e simplesmente a admiração de suas paisagens, que são caracterizadas por construções antigas e uma arquitetura sem igual. É reconhecida também pelo Grande Hotel de Araxá, que disponibiliza aos visitantes um conjunto arquitetônico incrível, repleto de detalhes e também grandes salões ilustres, com objetos decorativos antigos, como é o caso de lustres de cristais vindos da Boêmia e diversas outras obras de arte com características sem igual, como é o caso do uso de vitrais.





A grande atração de Araxá é o Grande Hotel, um marco da hotelaria brasileira inaugurado em 1944 e fechado 50 anos depois. Reaberto em 2002, manteve preservado todo o glamour original, com grandes salões e lustres de cristal. As famosas termas funcionam hoje como um verdadeiro spa, oferecendo, além dos banhos terapêuticos de águas sulfurosas e de lama, muitas massagens, acupuntura, sauna e duchas.


Eterno cartão-postal da terra de Dona Beja
Por todo o enorme prédio - são 33 mil metros quadrados de área construída -  observa-se a pompa que atraía os fãs do cassino que ali funcionou por dois anos. São sofás e poltronas de couro, elevadores em mogno, corrimãos com entalhes dourados, cinema, cortinas aveludadas, vasos, espelhos, sacadas...
O parque no entorno do Grande Hotel, conhecido como Complexo do Barreiro, também foi restaurado e abriga piscinas, lago, jardins, bosques, trilhas, quadras de tênis e peteca e espaço para passeios de bicicleta e charrete. Por ali estão ainda duas fontes de águas limpinhas - a Dona Beja, homenagem à célebre personagem histórica da cidade, com doze duchas-cascatas radioativas; e a Andrade Júnior, que borrifa águas sulfurosas.

Pacata e simpática, Araxá preserva fragmentos de sua história em alguns casarões do centro da cidade. Um dele abriga o Museu Dona Beja, que exibe cerca de 300 peças e mobiliário do século 19. Em uma sala estão guardadas as indumentárias utilizadas na novela da extinta rede Manchete que contou a história da cortesã.


Araxá também é procurada para a prática de atividades de aventura. A cidade é uma das portas de entrada para o Parque Nacional da Serra da Canastra, repleto de cachoeiras, paredões de pedra e trilhas pela mata. Para recuperar as energias pós-caminhadas, prove os doces de Dona Joaninha e de Dona Ana. Os destaque ficam por conta do tronquinho feito com amendoim -, da ambrosia e das frutas cristalizadas.
http://cidadesdeminas6.blogspot.com.br/p/araxa-e-um-municipio-brasileiro-do_20.html


Inclua no roteiro uma visita à Fundação Cultural Calmon Barreto, no prédio da antiga estação ferroviária. Além de manter e apresentar a produção artesanal do tear, o espaço rende boas compras como sabonetes de lama, doces caseiros, livros de culinária, obras de arte e porcelanas. 



CBMM Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração de Araxá http://cidadesdeminas6.blogspot.com.br/p/cbmm.html

Confraternização do Clube do Antigomobilismo de Lagoa da Prata

Eu, Flávio Madeira, juntamente com meu pai e o Sr. Ricardo Zema a uma apresentação do Clube do Antigomobilismo de Lagoa da Prata, a qual eu, tenho orgulho muito grande de participar pela tamanha organização e zelo indispensáveis pelos seus proprietários pela luta da preservação dos carros que foram, que são e que sempre serão história. Logo em seguida, uma confraternização, onde foi realizado o convite oficial ao s.r. Ricardo Zema, possuidor de uma quantidade razoável de carros antigos, e que de imediato e prontificou em ser membro do Clube do Antigomobilismo de Lagoa da Prata. Esta confraternização ficou mais engrandecida porque houve a participação da esposa do Ricardo Zema, Maria Lúcia, minha mãe Inez e as esposas dos membros do Clube do Antigomobilismo de Lagoa da Prata, que muito abrilhantou esta confraternização na casa cedida gentilmente pelo membro do clube, Eduardo e sua esposa Patrícia, um local muito bonito e agradável. Na oportunidade o Sr. Ricardo Zema deu aos presentes, os dez mandamentos para vencer na vida.
Os Dez Mandamentos Para Vencer Na Vida
1. Seja otimista;
2. Fuja dos pessimistas;
3. Não preocupe com a vida dos outros, não fale mal de ninguém;
4. Gaste menos do que ganha;
5. Acredite em você;
6. Seja decisivo e objetivo;
7. Não seja invejoso;
8. Seja honesto;
9. Seja organizado;
10. Trabalhe, trabalhe, trabalhe...
Ricardo Zema
Clube do Antigomobilismo de Lagoa da Prata




Antigomobilismo de Lagoa da Prata
Romeu Zema é amigo de Flávio Madeira e sempre que vem à nossa cidade, Comercializa Milhares de Bikes da Braciclo, Distribuindo o Produto Lagopratense para um mercado Promissor, Centenas e Centenas de Lojas. Atualmente a Rede de Lojas Eletrozema Tem quase mil pontos de vendas<





Flávio Madeira
Clube do Antigomobilismo de Lagoa da Prata
* CBMM *
Companhia Brasileira de Metalurgia
E Mineração de Araxá
http://cidadesdeminas6.blogspot.com.br/p/cbmm.html



*** Vista Parcial de Araxá ***


Araxá é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, na mesorregião do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Sua população projetada para 2007 é de 87.772 habitantes. A área é de 1.165 km² e a densidade demográfica, de 67,80 hab/km². IDH 0.899 (IBGE).
Termas do Barreiro - Grande Hotel de Araxá

*** Geografia ***
Constituído de terras planas e colinas, a altitude máxima é de l.359 metros e a mínima de 910 metros. O relevo do município mostra variações entre situações geológicas típicas do cerrado e de serras. Sua vegetação intercala campos de pastagens com pequenas matas naturais, compondo paisagens deslumbrantes.
*** Clima ***
Araxá integra o Circuito das Águas de Minas Gerais, reconhecido pelas propriedades terapêuticas diversificadas de suas águas medicinais e pelo clima agradável o ano todo. A região urbana com 973metros de altitude apresenta um clima com temperatura média anual de 21,4°C e índice médio pluviométrico anual: 1574,7 mm
*** Temperaturas ***
média anual: 20,4 °C
média máxima anual: 26,5 °C
média mínima anual: 15,7 °C
Temp. em 2002: 21,71 °C
Temp. em 2003: 21,02 °C
Temp. em 2004: 20,98 °C
*** Hidrografia ***
O município está localizado entre duas grandes Bacias Hidrográficas: Bacia do Rio Grande e Bacia do Rio Paranaíba. Todas possuem grande potencial hidrelétrico. O município possui uma área de proteção especial para fins de preservação de seus mananciais.
Principais Rios: Rio Tamanduá, Rio Capivara todos Afluentes Rio Paranaíba

Araxá Estância Hidro Mineral do Barreiro





** Exposição de Carros Antigos em Araxá **

** Exposição de Carros Antigos em Araxá **
A Cidade mineira de Araxá recebeu relí­quias automobilí­sticas como Ferraris, Lamborghinis, Maseratis e Cadillacs. Ao todo foram 322 veí­culos expostos na 18ª edição do Encontro Nacional de Automóveis Antigos, Organizado pelo Veteran Car Club de Minas Gerais e patrocinado pela Fiat e pela FPT Powertrain Technologies.

Os cerca de 50 mil visitantes puderam conferir 20 Simcas, em comemorações aos 50 anos da marca francesa no Brasil — inclusive o Chambord, modelo do inspetor Carlos, da série Vigilante Rodoviário, dos anos 1960. Entre os italianos, que totalizaram 40 modelos, os destaques ficaram por conta de um exemplar do Iso Grifo, de 1965, esportivo com mecânica americana, e das 18 Ferraris antigas, como a F-40 e a Ferrari 225 S Barchetta Vignale (1952). "A 225 são um dos primeiros modelos da Ferrari, um automóvel de corrida que foi comprado junto a outros dois idênticos em Portugal. Veio para participar de corridas no Brasil e acabou ficando por aqui. O motor encontra-se na Itália para a restauração. Se estivesse totalmente restaurado, seria o mais valioso da exposição", contou Otávio Carvalho, vice-presidente do Veteran Car e organizador do Brazil Classics.

foi realizado um desfile de 82 carros, seguido de uma premiação, feita de acordo com a data de fabricação do carro e o valor representativo de sua Época. O modelo eleito como o melhor carro nacional foi o FNM JK, de 1960.
O Encontro também contou com um Rali de Regularidade e um leilão, realizados na sexta-feira, dia 23. Participaram da competição 53 automóveis, que tiveram tempo estipulado de 38 minutos para um percurso total de 40 km, com quatro postos de controle. Dentre os 44 carros que completaram o trajeto, o vencedor foi um Ford Maverick GT, de 1978, e o segundo lugar ficou para um Puma GT, de 1971. No leilão, cerca de mil pessoas viram os 70 modelos cadastrados. Ao todo, foram vendidos 18 deles, o que movimentou mais de R$ 600 mil, segundo a organização do evento. O maior lance foi de R$ 110 mil para um Concorde, de 1984.